quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Aula completa: Jesus cura Bartimeu, o cego de Jericó

Nesta quinta, dia 23 de outubro de 2014, vou ministrar a aula modelo sobre a cura do cego de Jericó, durante o Timi da Apec. 
Como há na internet várias ideias para serem usadas nesta aula, e como nós não temos condições de imprimir todo o material para cada aluna, resolvi postar aqui tudo que usei para que elas possam acessar quando quiserem e usarem da forma que acharem melhor. Segue abaixo o passo-a-passo da aula e os visuais:


- Recepção das crianças e boas-vindas: entregar um crachá para cada aluno com seu nome escrito, caso haja muitas crianças e uma não saiba o nome da outra;
- Oração
- Cântico de boas-vindas: É bom estar na casa de Deus (Oriente as crianças para cumprimentar umas as outras observando o nome dos colegas. Todos devem se cumprimentar. Ao final do cântico, vende uma criança e peça para que ela toque no rosto de um dos colegas, que você escolherá aleatoriamente, para ela ver se adivinha quem é. Pode fazer com quantas crianças quiserem participar. Ao final, reforce a bênção que é nós enxergamos, pois com apenas um olhar podemos saber quem são as pessoas).
- Versículo bíblico:
INTRODUÇÃO: (Comece escondendo o visual) Quem aqui já sabe ler? (Deixe que as crianças levantem a mão, se manifestem) Pois esses que sabem ler me digam o que está escrito aqui. (Mostre o visual do versículo em Braille) Ué, vocês não sabem ler? Aqui está o versículo de hoje.


APRESENTAÇÃO: Hoje eu trouxe esse versículo escrito de uma forma diferente: em Braille! O Braille é a forma usada pelos cegos para ler. As letras, os números, os pontos, enfim, tudo que lemos, é possível ser transcrito para o Braille, que pode ser feito por qualquer pessoa. Basta que você marque os pontos de forma correta e de uma maneira que quem tocar, possa senti-los. Essa forma de escrita foi criada por um francês, Louis Braille, em 1829, quando ele tinha 20 anos. (Mostre a foto dele)


Ele era cego desde os 3 anos de idade. Hoje, existem vários livros em Braille, inclusive a Bíblia. Mas vamos ver o que está escrito aqui? (Leia direto da Bíblia) “Esperei confiadamente pelo Senhor; Ele se inclinou para mim e ouviu quando clamei por socorro.” (Salmo 40.1)
EXPLICAÇÃO: (Explique o conceito e o contexto das palavras) Neste trecho, a Bíblia diz que, quando você espera no Senhor, Ele te atende. “Confiadamente” quer dizer com confiança, com fé, com certeza de que você vai receber aquilo que está pedindo. “Inclinou” demonstra que o Senhor se moveu para se chegar ao nosso encontro, Ele saiu do Seu santo lugar para vir até nós, porque Ele nos ama. “Clamei” quer dizer que você chamou, pediu, de forma muito forte. E este texto está escrito no Salmo 40, que você pode chamar assim, de Salmo 40, e não de Salmo capítulo 40, por Salmo já ser uma divisão, e o verso desse Salmo é o 1. Os Salmos ficam no meio da Bíblia, então é bem fácil de achar. Se da primeira vez não der certo, feche a Bíblia de novo e abra bem no meio que você acerta.
APLICAÇÃO: Para a criança convertida: Se você já aceitou Jesus como Senhor e Salvador da sua vida, deve lembrar-se todos os dias de que Deus está atento as suas orações. Ele se inclina para saber dos seus problemas e quer resolvê-los. Para a criança não-convertida: Mas Deus só ouve quem já aceitou Jesus? Não! Ele conhece todas as crianças. Ele sabe da necessidade de cada uma, e a principal você ainda não resolveu: você ainda não tem Jesus morando na sua vida. Quando você tiver, vai poder orar ao Senhor e pedir que Ele resolva os seus problemas, e com satisfação Deus se inclinará e ouvirá quando você clamar por Ele.
REPETIÇÃO: Vamos então repetir o versículo? Mas nós vamos fazer de uma forma diferente. Cada um vai tirar um papel de dentro dessa sacola colorida. Os papéis indicam o modo como vamos repetir o versículo ou que grupo de crianças deve recitá-lo, ok? (Dê a oportunidade para que cada criança tire uma ficha indicando o modo ou que grupo deve recitar o versículo. Caso haja mais crianças do que cartões, devolva os cartões já tirados para a sacola até que todos tenham participado. Se houver muitas crianças, você pode optar por outra forma de repetição. Algumas sugestões: 1. Recite o versículo quem gosta de batata frita; 2. Quem escovou os dentes antes da aula; 3. Quem tem irmão/irmã mais velho(a); 4. Quem gosta de bolo de chocolate; 5. Quem come salada sem a mãe ficar insistindo; 6. Quem já sabe lavar louça sozinho; 7. Recitar equilibrado num pé só; 8. Quem é filho único; 9. Recitar caminhando; 10. Recitar abraçado no colega.) Para que você fique com esse versículo memorizado na sua cabecinha, vou te dar esse cartão para você usar como marcador na sua Bíblia. (Entregue o cartão com o versículo, ou, como o cartão mostra o personagem principal da história, você pode entrega-lo antes de as crianças irem embora. Para traduzir as palavras para o Braille, acesse http://www.mathsisfun.com/braille-translation.html). Esse é o cartão que eu vou entregar para as professoras:


- Período de cânticos: Deus é bom / Forte é Deus / Converso com Jesus
Deus é bom
Deus é bom, Ele cuida de mim
Ele cuida do céu, da terra e mar
Deus é bom, Deus é bom
Ele cuida dos meus pais e dos meus irmãos também
Deus é tão bom pra mim.

Forte é Deus
Forte é Deus, meu Senhor, terno, sim, Seu amor
Ele não me deixará
Rei dos reis, Criador, rocha é, bom pastor
Ele não me deixará
Mesmo quando estou provado
Não me falta o Seu cuidado, não
Forte é Deus, meu Senhor, terno, sim, Seu amor
Ele não me deixará jamais!

Converso com Jesus
Converso com Jesus de manhã cedo
Converso com Jesus nos meus brinquedos
Converso com Jesus nos meus estudos
Converso com Jesus ao me deitar à noite
Converso com Jesus se estou contente
Converso com Jesus se estou doente
Jesus está presente, a Bíblia assim me diz
Eu posso conversar com o Senhor!

- Oração
- Lição bíblica: Jesus cura o cego Bartimeu (Mt 20.29-34; Mc 10.46-52; Lc 18.35-43) - eu vou usar o visual abaixo:



Mas você também pode usar esses visuais:





Veja o esboço:

I. Introdução
Você já pensou como seria não poder enxergar - ficar sempre no escuro?

II. Andamento
A. O cego Bartimeu estava sentado à beira da estrada pedindo esmolas. (Lucas 18:35)

Aplicação do pecado:
Bartimeu vivia na escuridão física, porque ele não podia enxergar. Mas ele tinha
um problema muito maior. Bartimeu tinha escuridão em seu coração por causa do
pecado.
Você e eu também nascemos com o coração pecaminoso. A Bíblia diz: “Não há justo
[diante de Deus], nem um sequer” (Romanos 3.10). Deus diz que viver em pecado é
como estar na escuridão, porque ficamos longe dEle e não podemos encontrar o
caminho para Ele; o pecado nos cega de ver a verdade sobre nós mesmos e sobre
Deus. O que é pecado? Tudo que não agrada a Deus. (Dê exemplos: desobedecer a seus
pais ou professores, tentar esconder as coisas ruins que você faz ou mentir para não ser pego,
pegar algo que não lhe pertence, enganar, ou qualquer outra coisa que não agrada a Deus).
Deus também diz que o pecado precisa ser castigado. O castigo é ficar separado de
Deus em um lugar terrível, nas trevas. Sem o Senhor Jesus você está na escuridão
do pecado.
Além da cegueira, Bartimeu tinha também a escuridão em seu coração por causa do
pecado. Esse era um problema muito maior do que enxergar.

B. Ele ouviu uma multidão se aproximando e perguntou o que acontecia. (Lucas 18:36)
C. Disseram a ele que era que Jesus passava por ali. (Lucas18:37)
D. Bartimeu chamou Jesus. (Lucas 18:38).
E. A multidão tentou fazer com que Bartimeu se calasse, mas ele gritou mais alto. (Lucas
18:39)
F. Jesus parou e pediu que o homem fosse levado até Ele. (Lucas 18:40)
Como Jesus amava Bartimeu!

Aplicação do amor de Deus:
Você sabia que Deus ama você? Ele ama a todos, em todo o mundo. Você sabia que
Ele criou cada um de nós? Ele sabe tudo sobre você, a cor de seus olhos e se você é
alto ou baixo. Ele também conhece o seu coração. Nada fica escondido dEle. Deus
criou também o Céu, as flores e árvores e todo o mundo! Deus, Ele é perfeito e santo.
É por isso que não pode haver pecado no Céu. Mas apesar do nosso pecado, Deus
Pai “...Ele nos amou e enviou o Seu Filho” (1 João 4.10). Jesus é o Filho de Deus. Ele ama
você muito mais que você poderia imaginar!
Como Jesus amava Bartimeu também!

G. Jesus perguntou a Bartimeu o que desejava que Ele fizesse a seu favor. (Lucas 18:41)
Jesus era o único que podia tirar a escuridão do pecado do coração de Bartimeu.

Aplicação da pessoa e obra de Cristo:
Jesus é o único que pode tirar o pecado em seu coração também. Alguns dias depois
de estar em Jericó, o Senhor Jesus iria morrer na cruz para levar o castigo pelos
pecados do mundo inteiro. Você e eu sabemos, hoje, que Jesus morreu por nossos
pecados. Ele morreu voluntariamente, dando o Seu sangue precioso para abrir um
caminho para que os seus pecados e os meus pudessem ser perdoados. Jesus não
merecia morrer, porque Ele não tinha nenhum pecado. A Bíblia diz que, ao morrer,
o Senhor “nos libertou do império das trevas...”. Pelo Seu sangue (Colossenses 1.13-14).
O sangue de Jesus, derramado na cruz, nos liberta das trevas e da separação de Deus
por causa do pecado. Jesus morreu e foi sepultado, mas Ele ressuscitou. Hoje, Ele
vive no Céu. Jesus é o único que pode tirar a escuridão do pecado do seu coração.
Jesus era o único que podia tirar a escuridão do pecado do coração de Bartimeu. Ele
também era o único que tinha poder para dar visão a Bartimeu.

H. Bartimeu pediu que Jesus recuperasse a sua visão. (Lucas 18:41)
I. Jesus disse a ele que voltasse a enxergar; a sua fé o salvara. (Lucas 18:42)

III. Clímax
Bartimeu recuperou a visão - não estava mais no escuro! (Lucas 18:43)

IV. Final
A. Conclusão
Bartimeu seguiu Jesus, louvando a Deus. (Lucas 18:43)
O povo também louvou a Deus. (Lucas 18:43)

Aplicação da mensagem para a criança convertida:
Se você já recebeu Jesus como seu Salvador, Deus quer que você fale para alguém sobre
Jesus. A Bíblia diz em Marcos 16:15 que devemos “pregar [dizer] o evangelho [a boa notícia sobre Jesus] a toda criatura [pessoas de todo o mundo e especialmente aquelas que nos cercam]”.

Aplicação da mensagem para a criança não convertida:
Você pode fazer isso hoje. Fale aos seus amigos, à sua família o que o Senhor Jesus fez por você. Fale com seu vizinho ou com o seu professor na escola que Jesus morreu na cruz por nossos pecados e como e quando você pediu para Ele ser seu Salvador. Você pode ser a única pessoa a lhes dizer como se pode receber o Senhor Jesus como Salvador. Siga o exemplo de Bartimeu e fale a boa notícia sobre Jesus, a Luz do Mundo.

B. Convite
Bartimeu recebeu o Senhor Jesus Cristo, a Luz do Mundo.
Hoje, o Senhor Jesus tem o poder de tirar a escuridão do pecado em sua vida. Seu pecado
separa você de Deus.
Deus ama você e quer que viva com Ele um dia no Céu. Mas Deus é santo e não pode
haver pecado onde Ele está. O pecado estragaria o lugar maravilhoso que Ele preparou
para aqueles que creem no Senhor Jesus Cristo como seu Salvador e têm os seus pecados perdoados.
A Bíblia diz: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Romanos 10.13). Isso significa que para chegar a Jesus, você precisa crer de todo coração que Ele morreu na cruz e deu Seu precioso sangue como pagamento pelos seus pecados. Se você invocar (pedir) a Ele e recebê-lO como seu Salvador, não ficará mais na escuridão do pecado. Ele o salvará do castigo que você merece e mudará sua vida para sempre.
Por favor, abaixe sua cabeça e feche os olhos. Se você deseja pedir a Jesus para salvá-lo hoje, levante a mão, em silêncio, onde você estiver. (Permita resposta.) Venha comigo agora (indique o local), e eu lhe mostrarei na Bíblia como você pode ser salvo. Jesus, a Luz do Mundo, é o Caminho para tirar você da escuridão do pecado.

- Oração final
- Atividades extras: Distribua as atividades conforme a faixa etária das crianças. Veja algumas sugestões abaixo:






- Brincadeiras:
Desenho às cegas: Colar um papel pardo ou cartolina na parede. Chamar 2 crianças de cada vez, de olhos vendados, no mural para desenhar um objeto a pedido do professor. Vai ser divertido para as crianças verem depois como elas desenharam sem poder enxergar, e também será divertido para os coleguinhas que estarão assistindo;
Sacola às cegas: Coloque numa sacola vários objetos de diferentes formas, tamanhos e texturas. A criança deverá estar vendada e deverá tatear alguns objetos e descrever o que são, a cor, as características, etc.;
Abraçando balões: Todas as crianças devem estar vendadas. Soltar balões pela sala. Elas deverão encontrar e abraçar o balão encontrado até estourar. Dentro deve ter balinhas ou pirulito. (é preciso ter um bom espaço e verificar que não existam objetos/móveis que possam machucar as crianças - não deve ser feito com crianças muito pequenas que se assustam com o estouro do balão);
Sapatos perdidos: Todas as crianças tiram seus sapatos que são amontoados numa pilha num canto da sala. Colocar uma venda na criança, que deverá ir até a pilha de sapatos e deverá encontrar e calçar seus próprios sapatos. No caso de crianças menores, elas poderão retirar apenas um pé do sapato e terá que encontrar na pilha o outro pé a ser calçado.
Pista de balões: Pregar no chão balões com rostinhos desenhados neles. Abaixo de cada um, um par de pisadas, como se eles fossem bonequinhos. Organizar de modo que formem duas filas indianas, com espaço entre elas. Vendar uma criança e pedir que todas as demais fiquem em silêncio enquanto outra guia a criança de um lado a outro da sala, passando entre as filas, sem tocar nos balões. Vai ficar assim:


Se você for como eu, que sou tão, mas tão ruim de desenho e qualquer arte manual, e não souber fazer sequer uma pegada, use uma dessas:



Espero que este plano de aula te ajude a dar um ensinamento bíblico para as suas crianças. Qualquer dúvida, deixe seu comentário abaixo ou envie um e-mail, que terei prazer em ajudar.

Abraços,

Tia Sara

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Ideia de festa para o Dia da Criança: "Jesus e a Criança" - Programa não publicado e fotos

Queridos leitores, essa semana estou postando as ideias que usamos para fazer a festa "Jesus e a Criança", como aula modelo especial para o Dia da Criança, no Timi, da Apec-Roraima.
Porém, como o programa da festa foi publicado na revista "O Evangelista de Crianças", na edição de Outubro/Novembro/Dezembro de 2011, e é protegida por direitos autorais, eu não tenho autorização para postar o programa aqui.
Sugiro, então, que você entre em contato com a Apec e adquira esta revista. É só enviar um e-mail para vendas.apec@apec.com.br.
Porém, posso postar as fotos de como foi nossa aula modelo, para você se inspirar. Vamos ver?!

 Eu explicando um dos cânticos.

 Parte da turma.

 Eu cantando.




 A turma recitando o versículo.


 A turma na dinâmica de repetição do versículo.

 A Marinalva contando a história.











Bem, pessoal, essa foi a nossa festinha. Espero que você tenha gostado das fotos, porque eu gostei de compartilhar, rs.
Um forte abraço,
Tia Sara

Ideia de festa para o Dia da Criança: "Jesus e a Criança" - Decoração

No dia 9 de setembro postei uma ideia de convite para a festa com o tema "Jesus e a Criança". Essa foi a festa que realizamos como modelo para as professoras do Timi da Apec.
Hoje vou postar ideias de decoração da festa. Na nossa, usamos balões com as cores do Livro Sem Palavras: dourado ou amarelo, uma cor escura (nós usamos o preto), vermelho, branco e verde. Como temos um compressor de ar, que é super silencioso e enche até quatro balões de uma vez, foi rápido para decorar. Como eu sou péssima com balões, eu só ia enchendo (na verdade, colocando no bico do compressor, rs), e a Marinalva ia amarrando e definindo como faríamos.
Olha como ficaram:

Ela fez flores coloridas de balões, com cinco bexigas. Arrematou com aquelas varetas que usam para deixar o balão suspenso, e nela pregávamos a fita gomada, que por sua vez era pregada na parede. Foi mais fácil fixar o balão assim. E nem dá pra ver que tem a vareta, né?
Mas o ponto alto foi o painel com a imagem de Jesus e as crianças. Ele media cerca de 2mtsx2mts, e ficou muito bem impresso. Ela fez a impressão em uma gráfica aqui da nossa cidade, depois passou contact e fez acabamento com fita gomada nas laterais. As alunas amaram.

Usamos uma mesa para servir de apoio para os nossos materiais e outra para as lembrancinhas e o lanche, como também dá para ver na imagem acima.
Essa festa fizemos dentro das nossas possibilidades, com os recursos que tínhamos. Mas o céu é o limite quando se tem criatividade e po$$ibilidades, rs.
Quer outras ideias que caberiam tranquilamente nessa festa? Olha só:

Na mesa das lembrancinhas, se você não puder fazer um painel como aquele, compre papel machê e faça vários círculos com as cores da mensagem da salvação, usando a ideia acima, que só foi feita com duas cores, mas que também ficou muito bonita. Na mesa, coloque as lembrancinhas e o lanche. Arremate com uma bonita toalha, que pode ser de TNT também nas cores do livro sem palavras.


Se você tiver a po$$ibilidade, encha balões com gás hélio e decore de forma ainda mais bonita e criativa as suas lembrancinhas. Faça uma mesa só para elas. Com essa decoração, além da lembrancinha, as crianças também poderão levar o balão.
Espero que esta postagem tenha sido útil para você. Se você tiver ideias, sugestões, enfim, quiser colaborar, escreva abaixo que eu terei prazer em compartilhar.
Forte abraço,
Tia Sara

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Ideia de culto missionário infantil com o tema "Multiplique"

Começou há mais ou menos um mês a campanha de missões nacionais em todas as igrejas batistas brasileiras. Para as crianças, a JMN (Junta de Missões Nacionais) publica um material especial, com vários cultos infantis.
A pedido da Kênia, aluna do Timi - Treinamento Informal para o Ministério Infantil, da Apec - Aliança Pró-Evangelização das Crianças, onde dou aula, vou publicar aqui o primeiro culto infantil, que foi ministrado por mim e pela Brunna Thaíse, da minha igreja, no culto infantil de 7 de setembro.
Lembrando que o culto que eu a Brunna ministramos foi em sala de aula, enquanto a versão que estou publicando aqui é adaptada para o templo, a pedido da Kênia.

PROGRAMA
- Oração de gratidão
- Motivo do culto
- Cântico de boas-vindas: Boa noite (ou bom dia ou boa tarde) com alegria: Fiz uma dinâmica com as crianças perguntando com qual mão elas geralmente cumprimentam as pessoas. É a direita. Propus um desafio: elas deveriam colocar a mão direita para trás e tentar cumprimentar a maior quantidade de colegas com a mão esquerda que ela conseguisse. É muito divertido!!!!

Boa noite com alegria
Desejo pra você uma bela noite
Andando na companhia
Do nosso Salvador que nos quer bem
Vai tudo bem

- Entrada das bandeiras dos Estados ou dos países, caso o enfoque do culto seja missões nacionais ou mundiais. Se forem locais, escolha 15 crianças para entrarem com faixas com o nome dos 15 municípios roraimenses. Durante a entrada, pode-se cantar um hino missionário, ou ficar no instrumental e quando todos entrarem, cantar o hino do município, do Estado ou do Brasil, conforme o enfoque.
- Apresentação do tema, da divisa e do hino:
TEMA: Multiplique - fazendo discípulos onde você estiver
DIVISA: "E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de anunciar Jesus, o Cristo." (Atos 5.42)
HINO: Vamos multiplicar

video

Comece apresentando o tema. Pergunte das crianças quem já aprendeu, na escola, soma e multiplicação. Espere que as crianças respondam. Pergunte, então, quanto é 4+4. Depois que as crianças responderem, pergunte quanto é 4x4. Diga para elas que a multiplicação dá resultados muito maiores do que a soma. Da mesma forma, podemos multiplicar no reino de Deus. Muitas crianças somam, outras infelizmente diminuem ou dividem, mas elas podem fazer o céu ficar repleto de crianças, através do testemunho multiplicador.
Abra a Bíblia e leia a divisa. Diga para as crianças que você colocou este texto no visual, para que todos pudessem ler com você. Peça que todos repitam, lendo primeiro a referência, depois o texto, depois a referência novamente. Isso reforça o ensino dos números, que geralmente é a parte que fica confusa na cabeça das crianças. Explique o significado das palavras difíceis e o contexto do versículo (Igreja primitiva). Depois, repita diversas vezes, vedando as palavras uma a uma, a cada repetição, até que o versículo esteja todo vedado e as crianças recitem de cor.
Cante a música animadamente.

- Apresentação especial das crianças (se houver)
- Ofertório: Missionariozinho (Crianças Diante do Trono)

video

- Lição: Abubaquer e a Oração Sacerdotal

Isto aconteceu num povoado da Índia, durante a guerra mundial passada. Os exércitos inimigos invadiam a Índia, e os soldados ajudavam o povo a fugir para salvar suas vidas. Muitos lares ficavam assim separados e nunca mais um chegaria saber do outro. 
O lar de Abubaquer era muito humilde. Seu pai possuía uma tenda onde ele passava muitas horas olhando o povo que entrava, comprava e saía. 
À tarde, esperava ansiosamente o momento em que seu pai fechava o negócio, pois sabia que então teria alguns momentos para ele... Às vezes saíam para passear e outras vezes iam brincar.
A alegria não durou muito, pois chegou a invasão a seu povoado e eles tiveram que fugir ficando assim separados. A mamãe ficou com Abubaquer, e seu papai foi levado quem sabe para onde.
O menino ficava muito triste, sempre pensando em seu papai, já não tinha sua companhia para soltar pipas e para passar momentos alegres com ele. Certo dia, ia muito pensativo pelas ruas do povoadozinho, ouviu vozes de crianças e ao aproximar-se da porta viu de onde saíam as vozes. Olhou para dentro e viu que todas as crianças estavam de pé e todos com os olhos fechados e pareciam falar com alguém, mas não viu nada. Ao terminar, todos tomaram seus livros e correram para suas casas. Abubaquer aproximou-se de um menino e perguntou-lhe com quem estavam falando naquele momento.
O menino respondeu: com Deus. Abubaquer se interessou e seguiu perguntando se Ele ouvia mesmo e respondia. O menino falou-lhe de Jesus, de como nos ama, como podemos falar-lhe por meio da oração e que Ele nos responde e convidou para que estivesse com eles no dia seguinte. A caminho de casa, Abubaquer colocou a mão no bolso buscando uma moeda, e parou numa tenda e comprou uma pipa (papagaio).
Chegou em casa e sua mamãe não estava, assim que ele tomou o lápis e escreveu algo em sua pipa e foi correndo à montanha mais alta que havia ali, e ali soltou o seu papagaio, e como se sentia feliz ao vê-lo ficar tão alto, mas o vento de repente parou e pouco a pouco a sua pipa foi descendo. Abubaquer imediatamente disse para si: "Eu creio que Deus teve tempo de olhar das nuvens e ler o que ele dizia". Enquanto isso, numa grande cidade, perto desta aldeia, um sr. chamado também Abubaquer, ia todos os dias à estação e olhava cada menino e a cada senhora que saltavam do trem, e sempre voltava decepcionado à sua casa. Um dia, que havia ido como tantas vezes, um trem chegou, olhou outra vez cada senhora e cada garoto que descia do trem e voltou triste porque não encontrava os seus queridos. Enquanto caminhava triste, notou que no último vagão daquele trem havia uma pipa e que nela estava escrito alguma coisa.

Correu para lá e leu: "Querido Deus, eu me chamo Abubaquer, vivo na aldeia da montanha, e meu papai também se chama Abubaquer. Por favor, mande-o de volta para nossa casa. Muito obrigado".
Quando o sr. Abubaquer leu aquilo, imediatamente comprou passagem e no primeiro trem, partiu para aquele povoado na montanha. 
Quão feliz ficou ao procurar por sua esposa e filhinho e encontrá-los felizes pelo milagre que lhes acontecera. Jesus escutou a oração de um menino pagão que pediu-lhe para mandar de volta seu querido paizinho. Deus escutou a oração do menino e escutará todas as nossas orações também.
Um dia, Jesus também fez uma oração muito especial. Na Bíblia, ela é chamada de Oração Sacerdotal, e está registrada em João 17. Ali, Jesus orou de forma muito profunda, pois sabia que dali a pouco tempo, seria traído por Judas, abandonado pelos demais discípulos, açoitado e crucificado.
Apesar do momento que estava vivendo, Jesus sabia que a sua oração estava sendo ouvida por Deus. E ali Ele orou por mim e por você. como está escrito nos versículos 20 a 23 (leia este trecho diretamente da sua Bíblia). Nossa, isso não é maravilhoso?
APLICAÇÃO PARA A CRIANÇA SALVA: Se você já aceitou Jesus como Senhor e Salvador da Sua vida, tem várias ferramentas para multiplicar discípulos aqui na terra: a oração, a presença constante do Espírito Santo na sua vida, entre muitas outras coisas. Deus quer usar você. Deixe ser usado por ele.
APLICAÇÃO PARA A CRIANÇA NÃO SALVA: Mas se você ainda não aceitou Jesus, saiba que Ele ainda espera por você. Ele orou por você há mais de 2 mil anos, porque sabia que um dia você estaria aqui nesta igreja, ouvindo esta palavra, E, como na oração sacerdotal, como na história de Abubaquer, a oração tem poder! Jesus orou por você porque Ele queria morar na sua vida a partir de hoje. Você quer deixar Jesus entrar na sua vida? Então eu quero que você feche os seus olhos, não mexa com quem está do seu lado, e ore assim: (ore de forma que a criança reconheça que é pecadora, diga que acredita que Jesus morreu e ressuscitou pelos pecados dela e peça que Jesus venha morar na vida dela. Para facilitar, use os três "c"s: confessar que é pecadora, crer que Jesus veio ao mundo e clamar por Ele. Por fim, peça que as crianças que fizeram essa oração se retire para um lugar definido previamente, onde receberão aconselhamento de professores preparados).

- Saída das bandeiras/faixas;
- Oração final.

Espero ter ajudado você a ter uma ideia de um culto infantil bem legal para a sua igreja. Estou postando esse material com alguns graus de febre, mas vai já passar. Ultimamente tem feito calor demais nessa nossa linda cidade, e acho que meu corpo está refletindo esse calor, rs. Se você encontrou um erro, quer dar uma sugestão ou quer adicionar alguma informação ao que foi publicado aqui, deixe seu comentário aqui embaixo que terei prazer em ler.

Ah, só para terminar, tenho a história do Abubaquer em powerpoint. Se você tiver interesse, envie e-mail com antecedência para sarapriscilla@gmail.com, que terei muita satisfação em ajudar.

Outras informações sobre a campanha Multiplique, da JMN, acesse http://www.campanhamultiplique.com/. Para saber mais sobre a JMN, acesse http://www.missoesnacionais.org.br/. Um forte abraço,

Tia Sara