segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Ideia de culto missionário infantil com o tema "Multiplique"

Começou há mais ou menos um mês a campanha de missões nacionais em todas as igrejas batistas brasileiras. Para as crianças, a JMN (Junta de Missões Nacionais) publica um material especial, com vários cultos infantis.
A pedido da Kênia, aluna do Timi - Treinamento Informal para o Ministério Infantil, da Apec - Aliança Pró-Evangelização das Crianças, onde dou aula, vou publicar aqui o primeiro culto infantil, que foi ministrado por mim e pela Brunna Thaíse, da minha igreja, no culto infantil de 7 de setembro.
Lembrando que o culto que eu a Brunna ministramos foi em sala de aula, enquanto a versão que estou publicando aqui é adaptada para o templo, a pedido da Kênia.

PROGRAMA
- Oração de gratidão
- Motivo do culto
- Cântico de boas-vindas: Boa noite (ou bom dia ou boa tarde) com alegria: Fiz uma dinâmica com as crianças perguntando com qual mão elas geralmente cumprimentam as pessoas. É a direita. Propus um desafio: elas deveriam colocar a mão direita para trás e tentar cumprimentar a maior quantidade de colegas com a mão esquerda que ela conseguisse. É muito divertido!!!!

Boa noite com alegria
Desejo pra você uma bela noite
Andando na companhia
Do nosso Salvador que nos quer bem
Vai tudo bem

- Entrada das bandeiras dos Estados ou dos países, caso o enfoque do culto seja missões nacionais ou mundiais. Se forem locais, escolha 15 crianças para entrarem com faixas com o nome dos 15 municípios roraimenses. Durante a entrada, pode-se cantar um hino missionário, ou ficar no instrumental e quando todos entrarem, cantar o hino do município, do Estado ou do Brasil, conforme o enfoque.
- Apresentação do tema, da divisa e do hino:
TEMA: Multiplique - fazendo discípulos onde você estiver
DIVISA: "E todos os dias, no templo e de casa em casa, não cessavam de ensinar e de anunciar Jesus, o Cristo." (Atos 5.42)
HINO: Vamos multiplicar

video

Comece apresentando o tema. Pergunte das crianças quem já aprendeu, na escola, soma e multiplicação. Espere que as crianças respondam. Pergunte, então, quanto é 4+4. Depois que as crianças responderem, pergunte quanto é 4x4. Diga para elas que a multiplicação dá resultados muito maiores do que a soma. Da mesma forma, podemos multiplicar no reino de Deus. Muitas crianças somam, outras infelizmente diminuem ou dividem, mas elas podem fazer o céu ficar repleto de crianças, através do testemunho multiplicador.
Abra a Bíblia e leia a divisa. Diga para as crianças que você colocou este texto no visual, para que todos pudessem ler com você. Peça que todos repitam, lendo primeiro a referência, depois o texto, depois a referência novamente. Isso reforça o ensino dos números, que geralmente é a parte que fica confusa na cabeça das crianças. Explique o significado das palavras difíceis e o contexto do versículo (Igreja primitiva). Depois, repita diversas vezes, vedando as palavras uma a uma, a cada repetição, até que o versículo esteja todo vedado e as crianças recitem de cor.
Cante a música animadamente.

- Apresentação especial das crianças (se houver)
- Ofertório: Missionariozinho (Crianças Diante do Trono)

video

- Lição: Abubaquer e a Oração Sacerdotal

Isto aconteceu num povoado da Índia, durante a guerra mundial passada. Os exércitos inimigos invadiam a Índia, e os soldados ajudavam o povo a fugir para salvar suas vidas. Muitos lares ficavam assim separados e nunca mais um chegaria saber do outro. 
O lar de Abubaquer era muito humilde. Seu pai possuía uma tenda onde ele passava muitas horas olhando o povo que entrava, comprava e saía. 
À tarde, esperava ansiosamente o momento em que seu pai fechava o negócio, pois sabia que então teria alguns momentos para ele... Às vezes saíam para passear e outras vezes iam brincar.
A alegria não durou muito, pois chegou a invasão a seu povoado e eles tiveram que fugir ficando assim separados. A mamãe ficou com Abubaquer, e seu papai foi levado quem sabe para onde.
O menino ficava muito triste, sempre pensando em seu papai, já não tinha sua companhia para soltar pipas e para passar momentos alegres com ele. Certo dia, ia muito pensativo pelas ruas do povoadozinho, ouviu vozes de crianças e ao aproximar-se da porta viu de onde saíam as vozes. Olhou para dentro e viu que todas as crianças estavam de pé e todos com os olhos fechados e pareciam falar com alguém, mas não viu nada. Ao terminar, todos tomaram seus livros e correram para suas casas. Abubaquer aproximou-se de um menino e perguntou-lhe com quem estavam falando naquele momento.
O menino respondeu: com Deus. Abubaquer se interessou e seguiu perguntando se Ele ouvia mesmo e respondia. O menino falou-lhe de Jesus, de como nos ama, como podemos falar-lhe por meio da oração e que Ele nos responde e convidou para que estivesse com eles no dia seguinte. A caminho de casa, Abubaquer colocou a mão no bolso buscando uma moeda, e parou numa tenda e comprou uma pipa (papagaio).
Chegou em casa e sua mamãe não estava, assim que ele tomou o lápis e escreveu algo em sua pipa e foi correndo à montanha mais alta que havia ali, e ali soltou o seu papagaio, e como se sentia feliz ao vê-lo ficar tão alto, mas o vento de repente parou e pouco a pouco a sua pipa foi descendo. Abubaquer imediatamente disse para si: "Eu creio que Deus teve tempo de olhar das nuvens e ler o que ele dizia". Enquanto isso, numa grande cidade, perto desta aldeia, um sr. chamado também Abubaquer, ia todos os dias à estação e olhava cada menino e a cada senhora que saltavam do trem, e sempre voltava decepcionado à sua casa. Um dia, que havia ido como tantas vezes, um trem chegou, olhou outra vez cada senhora e cada garoto que descia do trem e voltou triste porque não encontrava os seus queridos. Enquanto caminhava triste, notou que no último vagão daquele trem havia uma pipa e que nela estava escrito alguma coisa.

Correu para lá e leu: "Querido Deus, eu me chamo Abubaquer, vivo na aldeia da montanha, e meu papai também se chama Abubaquer. Por favor, mande-o de volta para nossa casa. Muito obrigado".
Quando o sr. Abubaquer leu aquilo, imediatamente comprou passagem e no primeiro trem, partiu para aquele povoado na montanha. 
Quão feliz ficou ao procurar por sua esposa e filhinho e encontrá-los felizes pelo milagre que lhes acontecera. Jesus escutou a oração de um menino pagão que pediu-lhe para mandar de volta seu querido paizinho. Deus escutou a oração do menino e escutará todas as nossas orações também.
Um dia, Jesus também fez uma oração muito especial. Na Bíblia, ela é chamada de Oração Sacerdotal, e está registrada em João 17. Ali, Jesus orou de forma muito profunda, pois sabia que dali a pouco tempo, seria traído por Judas, abandonado pelos demais discípulos, açoitado e crucificado.
Apesar do momento que estava vivendo, Jesus sabia que a sua oração estava sendo ouvida por Deus. E ali Ele orou por mim e por você. como está escrito nos versículos 20 a 23 (leia este trecho diretamente da sua Bíblia). Nossa, isso não é maravilhoso?
APLICAÇÃO PARA A CRIANÇA SALVA: Se você já aceitou Jesus como Senhor e Salvador da Sua vida, tem várias ferramentas para multiplicar discípulos aqui na terra: a oração, a presença constante do Espírito Santo na sua vida, entre muitas outras coisas. Deus quer usar você. Deixe ser usado por ele.
APLICAÇÃO PARA A CRIANÇA NÃO SALVA: Mas se você ainda não aceitou Jesus, saiba que Ele ainda espera por você. Ele orou por você há mais de 2 mil anos, porque sabia que um dia você estaria aqui nesta igreja, ouvindo esta palavra, E, como na oração sacerdotal, como na história de Abubaquer, a oração tem poder! Jesus orou por você porque Ele queria morar na sua vida a partir de hoje. Você quer deixar Jesus entrar na sua vida? Então eu quero que você feche os seus olhos, não mexa com quem está do seu lado, e ore assim: (ore de forma que a criança reconheça que é pecadora, diga que acredita que Jesus morreu e ressuscitou pelos pecados dela e peça que Jesus venha morar na vida dela. Para facilitar, use os três "c"s: confessar que é pecadora, crer que Jesus veio ao mundo e clamar por Ele. Por fim, peça que as crianças que fizeram essa oração se retire para um lugar definido previamente, onde receberão aconselhamento de professores preparados).

- Saída das bandeiras/faixas;
- Oração final.

Espero ter ajudado você a ter uma ideia de um culto infantil bem legal para a sua igreja. Estou postando esse material com alguns graus de febre, mas vai já passar. Ultimamente tem feito calor demais nessa nossa linda cidade, e acho que meu corpo está refletindo esse calor, rs. Se você encontrou um erro, quer dar uma sugestão ou quer adicionar alguma informação ao que foi publicado aqui, deixe seu comentário aqui embaixo que terei prazer em ler.

Ah, só para terminar, tenho a história do Abubaquer em powerpoint. Se você tiver interesse, envie e-mail com antecedência para sarapriscilla@gmail.com, que terei muita satisfação em ajudar.

Outras informações sobre a campanha Multiplique, da JMN, acesse http://www.campanhamultiplique.com/. Para saber mais sobre a JMN, acesse http://www.missoesnacionais.org.br/. Um forte abraço,

Tia Sara

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Diversos cartões para serem usados como convite do Dia da Criança

Olá, pessoal.
Faz tempo que não passo por aqui. Desde a última postagem, que já tem quase um ano (que vergonha! rs), aconteceram muitas coisas, mas, apesar do tempo, nunca esqueci do blog.
Hoje a postagem é uma dica para quem quer fazer um convite bem especial para o Dia da Criança, mas não domina muito os programas de edição ou não tem tanta criatividade.
Eu sou uma privilegiada, pois tenho uma super amiga virtual, a Sandra Mac, conhecida do mundo do ministério infantil por 10 em cada 10 professoras de EBD. A San, como eu e outras amigas que temos em comum a chamamos, sempre elabora alguns materiais pra mim, e como no dia 18 de setembro teremos a aula modelo do Dia da Criança no Timi da Apec (Treinamento Informal para o Ministério Infantil da Aliança Pró-Evangelização de Crianças), no campo de Roraima, ela fez um convite especial para essa data. Vejam só como ficou fofo:

Se você é novo por aqui, vou explicar melhor: a aula modelo é um exemplo de aula que damos para as professoras de crianças, para que elas possam reproduzir em suas igrejas. Então fazemos tudo como se elas fossem crianças, inclusive dando o convite.
Esse convite será entregue na próxima quinta-feira, dia 11 de setembro, pois a festa será dali a uma semana, no dia 18. Faremos isso porque é como as professoras farão com as crianças: entregarão os convites com pelo menos uma semana de antecedência.
O convite acima será impresso em uma folha de papel A4, onde caberão seis cartões como esse no total. Vamos cortar, grampear uma bala no cantinho e entregar para as professoras.
Trocando ideias com a San por e-mail, ela me deu a sugestão de postar alguns cartões com versículos que ela elaborou ao longo dessa jornada dela de fazer lindos materiais para as EBD´s do Brasil afora. Esses cartões podem ser usados por você, professor, como convite para o Dia da Criança da sua igreja, do seu clube bíblico, OANSE, EBD, Culto Infantil, enfim, a programação que você tiver. No verso, você imprime os dados da festa. Você pode também grampear uma bala no cantinho do cartão, como eu vou fazer no meu.
Vamos conferir os cartões da San? Olha só:

































Espero que estas ideias sejam úteis para você e seu ministério.
Um forte abraço,

Tia Sara